Intervenções Espaciais

Ações em que arte, jogo e educação se encontram em campo expandido. O público é convidado a reconhecer e repensar seu corpo e o ambiente que o circunda, por meio de ações de criação, muitas vezes coletiva. Abre-se um espaço público, onde todos são convidados a criar, ocupar e ser parte da ação que transforma um lugar.

Construssim

Construssim é um grande jogo coletivo em que os participantes são convidados a desenvolver construções por meio de tubos e conexões coloridos, com algumas palavras adesivadas. O jogo se adapta a diferentes ambientes em que é desenvolvido, podendo ser considerado um jogo de construção literário e de ocupação espacial.

Poemas Passageiros

Dois poemas de Stella Ramos são apresentados em grande formato, com suas palavras recortadas. As pessoas são convidadas a realizar trocas, supressões e novas organizações que revelam, no momento de escolher ou de reler o que outros fizeram, um jogo com a linguagem escrita: a palavra como brinquedo de armar, a rima, as imagens e signos que carregam múltiplas possibilidades.

Vira e vê

Vira e vê é um misto de jogo e brincadeira, que explora o espaço e ocupação de territórios. Como num tabuleiro expandido as pessoas são os peões dessa partida, e embora seja um jogo competitivo, em alguns momento esbarra na cooperação entre os participantes. 

Penetráveis ambientais

Os penetráveis ambientais são instalações ludo-artísticas, renovadas a cada montagem ao ambiente. São marcadas pela vibração cromática causada pela ação do vento. Em algumas ocasiões, são construidas coletivamente com o público; em outras, são montadas pelos artistas e o público explora corporalmente seu território artístico. 

Intervenção do agrupamento corpossom - Sesc Osasco
Sesc Osasco
Sesc Interlagos
Sesc Interlagos
Sesc Interlagos
Sesc Vila Mariana
Sesc Vila Mariana
Intervenção do agrupamento corpossom - Sesc Osasco

Vídeo realizado a partir da instalação dos penetráveis em espaço no Sesc Vila Mariana.

site: Zebra5

contato@zebra5.com

  • Facebook - Black Circle
  • Flickr - Black Circle
  • Vimeo - Black Circle

Fotografia: Renata Prado